03 Dicas Básicas de Cuidados com Cães para Iniciantes

Compreender os ingredientes dos alimentos do seu cão é uma obrigação para os amantes ou donos de cães. Sempre que você alimentar o cão com diferentes tipos de alimentos, você deve sempre ler o rótulo e entender o conteúdo sobre os tipos de ração para cães que estão sendo usados em tais preparações comerciais. Você deve entender os ingredientes ao comprar comida para seu cão e também saber o que procurar. Neste artigo vamos abordar 03 dicas básicas de cuidados com cães para iniciantes.

1. A Importância de Compreender os ingredientes dos Alimentos do seu Cão

Se você se deparar com qualquer tipo de conservante e o cão desenvolver, de repente, sinais relacionados à alergia alimentar, suspeite do ingrediente indesejado nos alimentos fornecidos. Da mesma forma, entenda sobre o estado de umidade. Se o alimento estiver com mais umidade, o cão também pode preferir isso.

Muitos tipos Premium de preparações de ração para cães contêm ácidos graxos essenciais. Também está presente carboidratos com teores adequados de fibras, vitaminas como Vitaminas do complexo A, D, E e B. Além disso, minerais como o zinco, é um ingrediente essencial para o estado de saúde da pele e o cálcio. Isto, que é um ingrediente essencial para o crescimento ósseo, tonicidade dos músculos.

Eles devem ser enriquecidos com esses itens alimentares. No entanto, o custo dessas preparações alimentícias é comparativamente mais caro do que as preparações alimentícias com ingredientes gerais. Embora possa ser melhor para a saúde do seu cão.

2. O Tédio e a Variedade no Comportamento do seu Cão

O tédio e a variedade estão sempre interligados em caso de mau comportamento do cão. Sim, isso é verdade. Muitas vezes, o tédio pode ser controlado com uma variedade de materiais que irão distrair os animais ainda mais. Portanto, o cão não pode realizar atividades anormais ou indesejadas decorrentes do tédio por ele vivido.

Cães com experiência de tédio podem ter diferentes tipos de padrões de comportamento. Por exemplo, alguns cães serão vistos latindo continuamente. Enquanto outros podem estar sempre envolvidos em algumas atividades de escavação.

2. O Tédio e a Variedade no Comportamento do seu Cão

Há muitas maneiras de tirar seu cão de suas atividades de tédio. Muitos brinquedos estão disponíveis que simulam pato, cachorro, roedor, etc. Eles podem ser mantidos dentro da caixa e, em particular, os filhotes adoram esses itens.

Um cubo destruidor com várias guloseimas pode ser colocado no abrigo do cachorro. Fazendo isso, o animal logo entenderá como rolar o cubo destruidor para obter as guloseimas que prefere.

Um Buster Cube é um brinquedo engenhoso usado para simular e ativar seu cão durante o tempo de jogo e alimentação. Em vez de colocar a comida monotonamente em um lugar, mude o local de alimentação repentinamente. Essas ações serão úteis para remover o tédio em seu cão.

As atividades relacionadas ao tédio precisam ser bem redefinidas pelos donos dos cães. Isso os ajudará em maior medida a afastar os padrões de comportamento indesejados em seus cães de estimação. Por exemplo, alguns cães podem frequentemente ter caracteres destrutivos mordazes e serão vistos mordendo cadeiras, tecidos, esteiras e tudo o que podem ver.

Depois de descartar o problema da dentição, se for um filhote, forneça algumas bolas grandes de osso à base de mistura de minerais. Essa variedade de materiais ajuda a reduzir as atividades relacionadas ao tédio.

3. Os Cães Precisam de Dietas Diferentes em Idades Diferentes

Os cães precisam de dietas diferentes em idades diferentes. Sim. Isso é verdade. Por exemplo, o filhote precisa de leite como principal alimento. Já um cão adulto pode precisar de carne ou frango, além do ovo cozido e do leite. Portanto, dependendo do fator idade, o plano de dieta varia na realidade para os cães. Isso acontece como qualquer outra espécie.

Filhotes precisam de mais proteínas, gorduras e carboidratos do que cães adultos. Além disso, os filhotes precisam de horários de alimentação mais frequentes em um dia. No caso dos cães adultos é totalmente ao contrário.

Os requisitos de movimento baseados na dieta são mais no caso dos cachorros, uma vez que são frequentemente mais ativos do que os cães adultos. Os cães mais velhos precisam de proteína restrita, mas a proteína precisa ser facilmente digerível e assimilada pelo corpo.

O programa de dieta deve ter amplo suprimento de água para eles. Alimentar cães idosos com muita proteína pode acabar sobrecarregando as estruturas renais. Em consequência, o cão pode acabar danificando os filtros do rim. Isso é verdade especialmente quando o sistema imunológico desses cães está comprometido devido a vários fatores.

Da mesma forma, os cães idosos precisam de menos comida apenas porque os movimentos dos cães adultos são altamente restritos e, portanto, eles têm que gastar um pouco de energia.

As cadelas em fase de gravidez não precisam ser alimentadas com o estômago cheio, pois isso pode causar alguns desconfortos ao animal. No entanto, a fêmea gestante e a amamentada precisam de tipos especiais de alimentos que proporcionem um tipo de nutrição balanceada com suplementação adequada de vitaminas e minerais.

O animal em lactação com filhotes precisa ser alimentado com quantidades suficientes de cálcio e, portanto, não haverá qualquer deficiência de cálcio e os ossos dos filhotes serão fortes sem qualquer curvatura.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp